Tecedeira® - Colar "Rosa Rubi" - Renda irlandesa em cobre

 

Julho foi um dos meses mais loucos das nossas vidas. Enquanto a primeira quinzena de férias em meados de Junho foi para passear e descansar, o segundo momento em meados de Julho foi uma correria para despachar inúmeros afazeres. Acho que batemos o nosso record de despachar muito em pouco tempo.

Começámos por mudar de casa dentro da mesma casa! No início do ano já tínhamos trocado duas salas de sítio para ficarmos com um atelier maior. Agora voltámos à carga e trocámos os quartos todos de lugar para os filhotes ficarem cada um com o seu próprio espaço. Aproveitámos a deixa e fizemos logo as limpezas grandes. Como se não bastasse a confusão da mudança e das limpezas, pelo meio meteu-se a instalação do gás natural que este ano nos caiu de surpresa no colo. Foi preciso abrirmos os roços e acompanharmos os trabalhos.

Mas não ficámos por aqui. Organizámos e cozinhámos um jantar de aniversário para o Maxi e os amigos. E aproveitámos para começar as jantaradas e almoçaradas com a Família  e Amigos. Tudo em casa e com comida caseira: sardinhadas e grelhados. Estes convívios são sempre uma parte muito importante e muito apreciada do nosso Verão. O ano passado tivemos que abdicar dela porque o César esteve várias semanas fora em trabalho e porque tivemos um familiar muito doente. Este ano estamos de volta. Sorriso

Mas de toda a azáfama de Julho, a que mais nos soube a vitória foi termos despachado algumas pontas soltas e termos posto a loja a funcionar. Conseguimos finalmente colocar a primeira peça na nossa Boutique e testá-la. Festa

Foram meses e meses à volta com o site, com os testes ao carrinho de compras, com as condições de venda, os meios de pagamentos e os modos de envio, com as traduções, com a documentação que irá acompanhar as peças, com o programa de faturação e as novas regras, com a personalização e adequação dos modelos dos documentos fiscais, etc., etc. Depois de meses e meses de trabalho aborrecido nos bastidores (bem, também foi havendo muita investigação e experimentação de materiais e ideias, mas sabia sempre a pouco), eis-nos chegados à parte que mais nos agrada: criar! Finalmente.

Comentários

  • Nenhum comentário encontado

Deixe os seus comentários

0