Bem vindos ao Paginário

Uma coleção de páginas para partilhar o quotidiano, o imaginário, a criatividade e o artesanato de uma família aprendiz de e apaixonada pela Slow Life, pela Transição e Permacultura e empenhada na Sustentabilidade e na Cidadania Ecológica.

Atravessando juntos o deserto do mundo…

Serra da Arrábida - Praia da Figueirinha - Panorâmica

Hoje celebramos o nosso aniversário de casamento. Dezassete anos. E não consigo evitar que as palavras de Sofia de Mello Breyner Andresen ecoem dentro de mim…

 

Para Atravessar Contigo o Deserto do Mundo
Para atravessar contigo o deserto do mundo
Para enfrentarmos juntos o terror da morte
Para ver a verdade para perder o medo
Ao lado dos teus passos caminhei
Por ti deixei meu reino meu segredo
Minha rápida noite meu silêncio
Minha pérola redonda e seu oriente
Meu espelho minha vida minha imagem
E abandonei os jardins do paraíso
Cá fora à luz sem véu do dia duro
Sem os espelhos vi que estava nua
E ao descampado se chamava tempo
Por isso com teus gestos me vestiste
E aprendi a viver em pleno vento

Guardar

Comentários (2)

  • Visitante (vera)

    O poema é magnífico... o evento e a família que fundaram, há 17 anos, também! Deo gratias... nalguns casos, entre a vida e a poesia não há distinção... É mesmo como deve ser! Parabéns!

  • Muito obrigada, Vera! Só hoje é que dei pelo comentário... Mais um bocadinho e já estávamos a completar os dezoito anos!!!! :D

Deixe os seus comentários

0