Na Ilustração da Idade de Ouro

 52051

A delicadeza da ilustração de Annie French é pura Poesia Visual.

Kay Nielsen

Cortesia da Biblioteca Nacional da Nova Zelândia

A minha paixão pelas histórias começou essencialmente com a palavra. Primeiro na infância com a palavra oral através da minha Mãe, exímia contadora de histórias e guardiã de um considerável repertório de contos tradicionais e populares. Na adolescência descobri o fascínio pelas histórias através da palavra escrita, a Literatura. E embora o Cinema também me tenha sempre cativado enquanto meio de narrar, sempre privilegiei o texto à imagem e considerei a palavra como o meio por excelência para contar histórias.