Diário de bordo

"Listen to what life calls you to do" - Otto Scharmer 

Carreiro de formigas sobre um muro branco

Durante algum tempo não lhes demos atenção (asneira!) … Começámos a interessar-nos quando elas decidiram teimar em entrar-nos pela casa adentro. O interesse aumentou substancialmente quando nos apercebemos que estavam a afetar significativamente as culturas na horta. Foi então que tomámos consciência do problema (mas não da sua dimensão!) e metemos o nariz nos livros e nos sites de agricultura biológica em busca de soluções naturais…

Detalhe de joia em renda de cobre

A brincar com as cores e as formas…

Guardar

Guardar

Macro de um gafanhoto minúsculo numa folha de manjericão

 

Vejam só quem fomos descobrir a viver no nosso manjericão…

Plano aproximado de uma malva-rosa em flor

Este foi um dos muitos tesouros que o Sr. M. nos deixou. Tinha-as semeado no ano passado. Lembro-me que conversou comigo sobre o assunto, mas infelizmente não me recordo bem do que me disse. Pergunto-me se ele saberia a bela surpresa guardada naquelas sementes ou se teria ficado tão agradavelmente surpreendido quanto eu.

Imagem de uma pequena área de trabalho com alguns fios, missangas, alicate de corte e algumas peças em execução

Hoje fugimos do quintal e do poderoso chamamento da Natureza. Hoje o nosso refúgio foi o atelier. Entre materiais e ferramentas a cultivar a inspiração e a criatividade… Tão bom como cultivar a horta ou os afetos.Piscar de olho

Guardar