Bem-vindos ao Paginário


"Unleashing the power of imagination to create the future we want". - Rob Hopkins


"The more beautiful world our hearts know it's possible". - Charles Eisenstein


"Visioning together can serve as a catalyst for collective intelligence engaging all of us in a design-based conversation about a more meaningful and healthier future". - Daniel Christian Wahl


“Isn’t there a way to break the patterns of the past and tune into our highest future possibility—and to begin to operate from that place?” - Otto Scharmer

Atelier Paginario Porque

Imagem de Nico Wall em Pixabay

“The future is an infinite succession of presents, and to live now as we think human beings should live, in defiance of all that is bad around us, is itself a marvelous victory." - Howard Zinn

O Paginário é um projeto familiar e um projeto de vida orientado pelos afetos, pela criatividade, pela Psicologia Positiva, pela Slow Life, pela Transição, pela Permacultura, pela Filosofia Desperdício Zero, pela Cidadania Ecológica e pela Ecologia Profunda. Subjaz-lhe um propósito de vida inspirado no potencial da palavra "regeneração".

Muito entusiasmo. Um espírito criativo e irrequieto. Paradoxalmente, também muita serenidade e paz de espírito. Um imaginário próprio. Um gosto entranhado pelo bricolage, pelas reparações, pelas artes da agulha, dos têxteis, do papel, da madeira, do restauro e da recuperação. Ímpeto criativo e engenho. Fascínio pela narrativa. Paixão pela Vida. Amor pela Natureza. O prazer do "ecohomemaking" (lar doce lar com base em princípios ecológicos). Uma vontade enorme de partilhar competências e aprendizagens. São estas as circunstâncias em que germina o Paginário.

Começa por ser o nosso próprio espaço regenerativo. A arena de experimentação, de desenvolvimento e catarse que nos faculta, não só soluções práticas e sustentáveis para o quotidiano, mas também ferramentas para o bem-estar da nossa família. Nesta arena de experimentação, tem lugar de destaque o trabalho em torno da narrativa criativa e do seu potencial enquanto ferramenta de expressão, catárse e regeneração.

É também um espaço de partilha. No contexto dos atuais desequilíbrios ecológicos, sociais e psicológicos, sentimos que somos chamados a dar um contributo positivo e a partilhar competências práticas, criativas e psicológicas fundamentais para a resiliência e para combater o clima de desesperança.