Tabuleiro com tomates-cereja, vaso cheio de tomates grandes e um molho de beldroegas

 

A colheita do dia: tomates cereja, tomates e beldroegas. Depois da rega, aproveitámos para colher parte das refeições do dia. Os tomateiros estão em força e as beldroegas este ano não param de brotar!

Gostamos de comer os tomates cereja ao natural, junto com azeitonas e palitos de cenoura. Às vezes vão parar a saladas temperadas, mas são tão bons que passam bem sem tempero. Aliás, cá em casa comem-se como se fossem rebuçados e, se os deixarmos em cima da bancada da cozinha enquanto preparamos as refeições, simplesmente desaparecem sem sequer chegarem à mesa! Surpreendido

Estes pequenotes vão acompanhar o salmão grelhado do almoço. Os grandes são o prenúncio de uma bela sopa de tomate com ovos para o jantar. E as beldroegas são para uma vizinha que tem imensas saudades de uma sopa de beldroegas, porque este ano as ditas têm tardado em aparecer no seu quintal. Cá em casa tem sido ao contrário. Temos comido barrigadas de açorda de beldroegas com coentros, alfaces e ovos e tem sido um regalo! Quem gosta de sopa de beldroegas por aí?

Tabuleiro com tomates-cereja, vaso cheio de tomates grandes e um molho de beldroegas