Pequenas cenouras e respetiva rama a sair da terra

Pela primeira vez na história da nossa horta, tivemos cenouras! O Sr. M. não tinha o hábito de as semear. Há uns anos atrás experimentámos com meia dúzia de sementes, mas não obtivemos sucesso. No verão de 2012 o Maxi-Puto convenceu-nos a tentar de novo e comprámos um pacote de sementes. O Sr. M. resolveu lançá-las à terra logo no outono, embora nem fossem essas as indicações do pacote.

Entretanto o nosso Amigo adoeceu e acabou por deixar-nos. Nunca mais ligámos ao canteiro das cenouras. O inverno foi difícil em muitos aspetos e já ninguém esperava nada dali. Mas também ninguém tinha coragem de desmanchar o canteiro… Para nosso espanto, na primavera o canteiro foi ficando repleto de uma linda rama verde e, se nos tivesse ocorrido desbastá-lo, provavelmente teríamos tido direito a umas cenouras bem maiores. As maiores que tivemos devem ter andado perto dos 10 cm e foram poucas. Ainda assim, temos tido direito a umas pequenas cenouras verdadeiramente deliciosas, as primeiras na história da nossa horta (mais um dos pequenos tesouros que nos deixou  o Sr. M.)! E o nosso coelho branco tem-se regalado com a bela rama e algumas cenouras minúsculas! Coelhinho

Um prato de vaso cheio de pequenas cenouras com rama

Esta foi a última colheita, porque a rama já começava a secar, mas já andamos há uma série de semanas a colhê-las para comer cruas como entrada ou snack. Para nós funcionaram como cenouras baby, embora não fosse esse o resultado que o pacote de sementes nos fazia prever. Pergunto-me se a cenoura baby será uma variedade específica de cenoura ou se várias variedades poderão originar cenouras baby, consoante o modo de cultivo utilizado? Há por aí alguém mais experiente do que nós que nos possa esclarecer esta dúvida?