Farol do Cabo Espichel, Sesimbra

Recomendamos. Sem sombra de dúvida. Cada visita tem sido uma experiência muito enriquecedora.

Há dias mencionámos aqui a nossa visita a Almourol. Importa salientar que a mesma aconteceu no âmbito do programa Ciência Viva no Verão. Este programa é um manancial de oportunidades. Somos totalmente fãs. No âmbito deste programa  já tivemos o privilégio de usufruir de:

  • Uma visita guiada ao Farol do Cabo Espichel (Direção de Faróis da Marinha Portuguesa)
  • Um peddy-paper intitulado “Biodiversidade no jardim” no Parque do Bonfim em Setúbal (Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos )
  • A ação “O outro lobo” no Centro de Recuperação do Lobo Ibérico em Mafra (Grupo Lobo)
  • Uma visita guiada ao Centro dos Cabos Submarinos em Sesimbra (Portugal Telecom )
  • Uma visita guiada às instalações da Renova em Torres Novas
  • Uma visita guiada ao hospital termal mais antigo do mundo nas Caldas da Rainha (organizada pela Associação Nostrum)
  • Uma tarde e uma noite de Astronomia no Centro Ciência Viva de Constância
  • Uma visita guiada à cadeia de produção da Carta Militar de Portugal à escala 1 : 25 000 (Instituto Geográfico do Exército)
  • A visita guiada  “Descubra as tecnologias por detrás da rádio e da televisão” na RTP em Lisboa
  • A atividade “À descoberta da Terra: Sismos e Vulcões” no Parque de Albarquel em Setúbal (organizada pelo Instituto Dom Luiz )
  • Uma visita guiada ao Castelo de Almourol em Tancos (da responsabilidade da Associação Portuguesa dos Amigos dos Castelos)

Centro de Recuperação do Lobo Ibérico, Mafra

Estas visitas são muito enriquecedoras, pois dão-nos acesso a locais que nos passam facilmente desapercebidos e, sobretudo, que nem sempre estão disponíveis ao público fora deste âmbito. As visitas são acompanhadas por guias habilitados (em determinados casos, especializados mesmo) e apaixonados que nos contextualizam, nos elucidam, nos informam, nos contagiam… Dão-nos também uma visão riquíssima do nosso belo Portugal. Em geral, originam passeios e convívios extremamente agradáveis. E impressões e fotos inesquecíveis. Em termos pedagógicos, quer pela aquisição de conhecimentos, quer pela socialização, são inestimáveis para as nossas crianças. Podemos ir com a família, com amigos e torná-las momentos memoráveis.

E para o ano? Para o ano, pensamos continuar. Como o Mini vai ficando mais crescido, é provável que possamos até experimentar aventuras um pouco mais arrojadas. Se o limite de idade já o permitir, repetiremos a visita à fábrica da Renova para que desta vez eu e o Minorca também possamos ir. A visita ao Castelo de Almourol deste ano foi sem dúvida um incentivo para na próxima edição darmos também mais atenção aos castelos. Confesso que ainda não lhes tínhamos dado a merecida atenção. Até o Mini ficou empolgado com ela! Perguntou-nos logo se havia um crocodilo como o do Capitão Gancho no fosso à volta do castelo! Rir a rebolar no chão Astronomia e Biologia também não poderão faltar para continuar a alargar os horizontes do nosso Maxi. E a Engenharia, claro! Que Pai e Filhos adoram! Sim, o Minorca também já fica fascinado com máquinas e afins!

Partindo do princípio otimista que alguém nos lê Piscar de olho, há por aí mais fãs da Ciência Viva no Verão? Partilhem connosco as vossas experiências.

.