Guardiães do Quintal

"(...) spare time in the garden, either digging, setting out, or weeding; there is no better way to preserve your health." - Richard Louv

Tabuleiro com tomates-cereja, vaso cheio de tomates grandes e um molho de beldroegas

 

A colheita do dia: tomates cereja, tomates e beldroegas. Depois da rega, aproveitámos para colher parte das refeições do dia. Os tomateiros estão em força e as beldroegas este ano não param de brotar!

Carreiro de formigas sobre um muro branco

Durante algum tempo não lhes demos atenção (asneira!) … Começámos a interessar-nos quando elas decidiram teimar em entrar-nos pela casa adentro. O interesse aumentou substancialmente quando nos apercebemos que estavam a afetar significativamente as culturas na horta. Foi então que tomámos consciência do problema (mas não da sua dimensão!) e metemos o nariz nos livros e nos sites de agricultura biológica em busca de soluções naturais…

Macro de um gafanhoto minúsculo numa folha de manjericão

 

Vejam só quem fomos descobrir a viver no nosso manjericão…

Plano aproximado de uma malva-rosa em flor

Este foi um dos muitos tesouros que o Sr. M. nos deixou. Tinha-as semeado no ano passado. Lembro-me que conversou comigo sobre o assunto, mas infelizmente não me recordo bem do que me disse. Pergunto-me se ele saberia a bela surpresa guardada naquelas sementes ou se teria ficado tão agradavelmente surpreendido quanto eu.

Marianinha - Streptosolen jamesonii

Estávamos no final de Março. Chovia desalmadamente. Cá em casa, estávamos a ficar quase tão cinzentos como aqueles dias que teimavam em esconder de nós o sol . A última lembrança clara que tenho é de andar louca debaixo de chuva de granizo num sábado à noite a cobrir umas pequenas courgettes, numa tentativa desesperada de as salvar, e pensando para comigo “Será que este inverno não tem fim?” Nuvem de tempestade