À descoberta...

... de Nós Mesmos, do Outro, da Natureza, da Ciência, da Arte, da História, da Cultura, da Sociedade...

De como vamos descobrindo e redescobrindo o Mundo em Família... e nos vamos educando e reeducando juntos.

DSCF2408

Sim, este post vem na sequência do anterior e vamos continuar a falar das ações da Ciência Viva no Verão em que participámos este ano. Neste caso, vamos levantar o véu sobre o que descobrimos relativamente a formigas e morcegos. Se têm crianças e jovens na Família, estas ações merecem toda a vossa atenção. O mesmo se aplica se trabalham na área da Educação e do Lazer com crianças e jovens. Mas estas ações têm interesse para um público mais vasto. Assim de imediato, vem-nos logo à mente o quão úteis podem ser para os horticulores e permacultores do nosso País.

20170724 110102

Pois foi, estivemos de férias. E como sempre a Ciência Viva no Verão fez parte do cardápio. Já vos dissemos o quanto adoramos a Ciência Viva no Verão? Sim, eu sei. Todos os anos repetimos o mesmo, mas é porque realmente nunca nos desilude. Graças a estas inciativas, descobrimos sempre algo de fantástico e surpreendente. Este ano, graças à ação Ciclo do Sal, descobrimos as Salinas do Samouco. Aqui tão pertinho e nunca lhes tínhamos dado a merecida atenção! Como é que podemos ser sempre tão cegos ao que nos rodeia?!

 IMG 20170615 163147

Não foi preciso grande esforço para nos evadirmos e darmos asas à imaginação. A paisagem é quase irreal. Convida a divagar... a qualquer momento tanto podemos dar de caras com o Indiana Jones, como esbarrar no Mad Max... a verdade é que começamos logo a fazer filmes...

Detalhe de quadro de Almada Negreiros

Almada Negreiros na Gulbenkian. Foi o último fim de semana em que a exposição esteve patente. Não costumamos deixar nada para o fim, mas desta vez os imprevistos da vida levaram a melhor. Para cúmulo, esqueci-me por completo que estávamos também no primeiro domingo deste mês e que os museus são gratuitos. Resultado? Duas horas de pé à espera na fila para entrarmos...

IMG 20170506 104822

Andamos presentemente à descoberta das atividades do Centro de Educação Ambiental da Mata da Machada e Sapal de Coina. E estamos a gostar imenso. No fim de semana passado demos um passeio pela Mata e estivemos a pintar com aguarelas naturais (a partir de cenouras, mirtilos, morangos, espinafres, etc.). Foi divertido e educativo. Levámos a Avó e o Mini-Puto adorou. Nós também.