Sobre os projetos


"The plain fact is that the planet does not need more successful people. But it does desperately need more peacemakers, healers, restorers, storytellers, and lovers of every kind. It needs people who live well in their places. It needs people of moral courage willing to join the fight to make the world habitable and humane. And these qualities have little to do with success as our culture has defined it." -- David W. Orr

Os nossos projetos

Horta e Jardim

Cidadania Ecológica

Make7Rs

Trapologia

Diário de Bordo

Projetos anteriores

Sobre o que vai acontecendo neste website e os diferentes projetos que vamos abraçando ao longo tempo.

Há quase dois anos que não publicamos no blog. Há quase dois anos que parámos o projeto Tecedeira.

Foram dois anos muito intensos, com muitas atividades e muitas mudanças na nossa vida e no nosso íntimo. Depois de termos aprofundado cada vez mais o nosso conhecimento sobre o descalabro ambiental e os intensos desequilíbrios ecológicos em curso, tornou-se impossível continuarmos como se nada fosse.

Estamos a construir um novo projeto, mais alinhado com a nossa consciência atual e com a necessidade de um desenvolvimento sustentável.

Gostamos muito de criar e de artesanato, mas decidimos abordar esta paixão numa perpetiva do Desperdício Zero e da Economia Circular. Não queremos continuar a explorar recursos que são cada vez mais escassos, nem promover o consumo inconsciente (consumismo).

Queremos fomentar a reutilização e o restauro como ferramentas para um consumo mais consciente e para uma economia mais realista e respeitadora dos limites físicos do nosso Planeta. Queremos também aproveitar a oportunidade para valorizar a reutilização e o restauro enquanto arenas de criatividade, bem-estar e regeneração.

Revelaremos mais sobre este projeto em breve. Entretanto, damos por encerrado o projeto Tecedeira.

Até já.

 

Passou um ano desde o nosso último post. Tínhamos colocado o blog de lado, arrumado numa prateleira poeirenta nas traseiras da nossa mente. O interesse nos blogs estava a morrer e as redes sociais pareciam ocupar por completo o seu lugar.

Pendente coração com verso de Florbela Espanca

 

Os anos passam e, se nos distrairmos demasiado, mesmo sem o querermos, podemos deixar ficar para trás uma parte importante de nós… durante algum tempo, aconteceu-me isso com a Poesia.

 

Caixa de madeira encerada forrada com uma manta de burel para embalar as joias Tecedeira

 

Tomar decisões quanto à forma de embalar as nossas joias tem sido um verdadeiro desafio. Sempre quisemos que a embalagem fosse parte do produto. Mas chegar lá foi um processo moroso e um verdadeiro teste à nossa persistência e determinação.

Tecedeira® - Colar "Rosa Rubi" - Renda irlandesa em cobre

 

Julho foi um dos meses mais loucos das nossas vidas. Enquanto a primeira quinzena de férias em meados de Junho foi para passear e descansar, o segundo momento em meados de Julho foi uma correria para despachar inúmeros afazeres. Acho que batemos o nosso record de despachar muito em pouco tempo.

Detalhe de joia em renda de cobre

A brincar com as cores e as formas…

Guardar

Guardar

Imagem de uma pequena área de trabalho com alguns fios, missangas, alicate de corte e algumas peças em execução

Hoje fugimos do quintal e do poderoso chamamento da Natureza. Hoje o nosso refúgio foi o atelier. Entre materiais e ferramentas a cultivar a inspiração e a criatividade… Tão bom como cultivar a horta ou os afetos.Piscar de olho

Guardar

Quando escrevemos o primeiro post, optámos pela plataforma Joomla para o site e pelo Wordpress para o blog. Testámos. Depressa percebemos que queríamos todas as áreas do Paginário a funcionar integradamente, blog inclusive, e que tínhamos que encontrar outra solução, por muito que sejamos fãs do Wordpress para blogar.

Ainda tentámos uma integração do Wordpress com o Joomla, mas um CMS (Content Management System) a funcionar dentro de outro também não nos convenceu. E ganhou o Joomla que nos permite uma solução muito versátil e integrada. Embora tenhamos que confessar que continuamos convencidos de que não existe ferramenta de blog que vença o Wordpress.

Resolvidos os dilemas técnicos e apesar de ainda estarmos a testar e otimizar a plataforma, vamos já publicando alguns posts para fazer o gosto ao dedo.