Slow living e simplicidade voluntária (Blog)

Cesto com produtos da horta (couves, laranjas, limões, louro)

 

Esta foi a colheita de hoje:

Couves + nabiças = sopa

Limões + laranjas + tangeras = fruta, tempero, sumos

louro = anti-traças (vamos experimentar…aqui pela Internet há quem diga que funciona. Já há muito que queremos substituir os desagradáveis anti-traças químicos por alternativas mais naturais e menos perigosas para as nossas crianças. Andamos a experimentar sobretudo os produtos que temos disponíveis na horta. Já experimentámos com cascas de limão secas, mas não notámos que deixe grande aroma no roupeiro, o que nos deixa dúvidas sobre a sua eficácia… Agora vamos tentar as folhas de louro verdes. Louro não nos falta... temos uma pequena floresta dele no quintal!)

Pequena floresta de loureiro (laurus nobilis)

Quando escrevemos o primeiro post, optámos pela plataforma Joomla para o site e pelo Wordpress para o blog. Testámos. Depressa percebemos que queríamos todas as áreas do Paginário a funcionar integradamente, blog inclusive, e que tínhamos que encontrar outra solução, por muito que sejamos fãs do Wordpress para blogar.

Ainda tentámos uma integração do Wordpress com o Joomla, mas um CMS (Content Management System) a funcionar dentro de outro também não nos convenceu. E ganhou o Joomla que nos permite uma solução muito versátil e integrada. Embora tenhamos que confessar que continuamos convencidos de que não existe ferramenta de blog que vença o Wordpress.

Resolvidos os dilemas técnicos e apesar de ainda estarmos a testar e otimizar a plataforma, vamos já publicando alguns posts para fazer o gosto ao dedo.

 

 

Vista dos tomateiros na horta

Já apresentámos o blog. Já nos apresentámos. Chegou a altura de iniciarmos a escrita, senão o blog começa já a ganhar pó e ainda nem o estreámos!

Andámos a semana toda em busca de inspiração. Queríamos uma ideia luminosa. Algo de extraordinário para marcar o início. Não vai acontecer.Vamos mesmo começar o blog com um dos momentos simples e doces com que preenchemos os nossos dias. Afinal, este é um blog de coisas simples que os nossos olhos veem como grandiosas e extraordinárias. Mais vale começá-lo já no tom certo.