• 20170912 1821351

    Quase todos os anos prolongamos a vida das mochilas escolares. Este ano foi um deles. A mochila do Maxi estava impecável e não necessitou de qualquer intervenção. A mochila do Mini-Puto, embora tenha resistido bastante bem ao ano letivo, ainda assim tinha alguns danos pouco significativos que mereceram ser restaurados para prevenir estragos maiores.

  •  Pavilhão do Conhecimento - DÒING

    O espaço DÒING no Pavilhão do Conhecimento foi a grande descoberta deste fim de semana.

  • Pantufas tricotadas com restos de lã

    As pantufas do Maxi-Puto estão prontas. Como prometido no post anterior, vimos aqui partilhar algumas fotos.

  •  

    Tricotar botas de lã

    Todos os anos passamos pela saga das pantufas! A maior parte das pantufas que compramos para os nossos filhos não duram um inverno! Venham de que loja vierem. E lá fico eu desolada a olhar para elas, porque me aflige deitá-las para o lixo. O lixo que a nossa sociedade produz aflige-me cada vez mais. Aliás, é um conceito que nunca deveria ter sido inventado. Polegar para baixo

  • duas fileiras de frascos cheios de doce de tangera, mas ainda sem etiquetas

    Por aqui somos sérios adeptos do “Do-it-yourself”. Cozinhamos, costuramos, restauramos, reparamos, pintamos, construímos, jardinamos… estamos sempre em atividade!

    Neste âmbito, nos últimos anos, o Natal tem-se tornado cada vez mais o momento por excelência do “Do-it-yourself” cá em casa! Cada vez mais, optamos por criar as nossas próprias lembranças. Este ano foi assim…

  • Detalhe do restauro do assento com corda sisal

    Quando o Maxi-Puto era pequeno, oferecemos-lhe uma linda cadeirinha alentejana com assento de palha. Passado pouco tempo, chegou à nossa vida a Mimosa, uma gatinha malhada ainda bebé, muito brincalhona e traquinas. O resultado? Cadeira alentejana + gatita travessa = adeus assento de palha! Sorriso rasgado

  •  

    Pés calçados com uns botins-pantufas com as solas restauradas

    O R. recebeu estas pantufas pelo Natal. A “sola” de tecido com relevos rugosos prometia transformá-las muito rapidamente em lixo. Bem dito, bem feito… uma semana de uso e começaram logo a surgir os primeiros buracos!